Tempo
|
A+ / A-

Eleições em Espanha

Um voto, uma cerveja. Tasca de Sevilha incentiva voto presencial nas legislativas

19 jun, 2023 - 12:18 • Redação

Cervejaria de Sevilha vai oferecer uma cerveja a cada pessoa que apresente uma selfie tirada numa assembleia de voto.

A+ / A-

Uma tasca em Sevilha anunciou há alguns dias que vai oferecer uma cerveja a cada pessoa que apresente uma selfie numa assembleia de voto nas próximas eleições legislativas, que foram antecipadas para o dia 23 de julho.

A iniciativa foi lançada por Ricardo Laguillo, proprietário da histórica bodega San Lorenzo, para combater não apenas a abstenção mas também o voto por correspondência, na sequência de um escândalo de fraude através do voto postal nas eleições regionais de maio.

“Como temos eleições no próximo dia 23 de julho e perante a incerteza sobre o voto por correio, a Bodega San Lorenzo, localizada na rua Juan Rabadán 5, no bairro de São Lorenzo, em Sevilha, convida todos os cidadãos que apresentem uma selfie a votar presencialmente em qualquer assembleia de voto para uma cerveja”, escreveu o proprietário da bodega.

Segundo o jornal ABC, mais de 600 mil eleitores solicitaram o voto por correio nas eleições antecipadas. O elevado número pode estar relacionado com a data escolhida por Pedro Sánchez para o sufrágio: 23 de julho, altura em que muitos espanhóis estão de férias e, por isso, longe da morada oficial.

Porém, os recentes escândalos de fraude eleitoral nos votos por correio, que foram denunciados durante as eleições municipais de maio, aumentaram as suspeitas. O objetivo da Bodega San Lorenzo é promover a votação presencial com a oferta de um brinde.

As eleições antecipadas acontecem em Espanha a 23 de julho, depois de o primeiro-ministro, Pedro Sanchéz, ter antecipado a ida às urnas após a derrota do seu partido, o PSOE, nas eleições regionais e municipais.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+