Tempo
|
A+ / A-

Japão. Dois soldados mortos em tiroteio num campo do exército

14 jun, 2023 - 06:16 • Lusa

O presumível autor do tiroteio, de 18 anos, foi já detido.

A+ / A-

Dois soldados japoneses morreram e um terceiro ficou ferido num tiroteio num centro de treino do exército, em Gifu, indicou o exército japonês, num novo balanço do incidente.

O novo balanço foi avançado depois de as autoridades terem inicialmente confirmado que três pessoas tinham ficado feridas no incidente.

O presumível autor do tiroteio, de 18 anos, foi já detido, disse a polícia local à agência de notícias France-Presse.

Os crimes violentos são raros no Japão, mas vários ataques chocaram o país durante o ano passado, incluindo o assassínio a tiro, em julho de 2022, do antigo primeiro-ministro Shinzo Abe, durante uma ação eleitoral.

Em abril, o atual primeiro-ministro, Fumio Kishida, foi alvo de um engenho explosivo, também durante uma ação de campanha, ao qual escapou ileso.

A segurança foi reforçada, na sequência destes incidentes, e vários milhares de agentes foram destacados quando o Japão organizou, no mês passado, a cimeira do grupo das sete nações mais industrializadas, o G7, em Hiroshima.

Em maio, a polícia deteve um homem acusado de ter matado quatro pessoas, numa ataque com uma faca e uma arma de fogo em Nagano, a oeste de Tóquio.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+