Tempo
|
A+ / A-

Itália. GNR resgata 151 migrantes ao largo da costa de Crotone

29 mai, 2023 - 09:11 • Olímpia Mairos

A bordo da embarcação de pesca encontravam-se 35 crianças.

A+ / A-

A GNR resgatou no sábado 151 migrantes, no âmbito da Operação Conjunta “THEMIS 2023”, ao largo da costa de Crotone, em Itália, numa ação que durou mais de 29 horas

Em comunicado, a GNR dá conta que “durante uma ação de patrulhamento” e após o “alerta das autoridades italianas para o deslocamento de uma embarcação de pesca suspeita de transportar migrantes a bordo”, a Lancha de Patrulhamento Costeiro ‘Bojador’ foi acionada para apoiar na ação de deteção”.

A embarcação de pesca que se dirigia para a costa italiana foi, depois, detetada “em coordenação com um meio aéreo e com recurso aos seus sistemas de vigilância” com “mais de uma centena de migrantes a bordo”, pelo que foi declarado operação de busca e salvamento (SAR).

“Encontrando-se apenas no local a Lancha de Patrulhamento Costeiro “Bojador” e dado o número avultado de pessoas a bordo, foi dada indicação para manter a vigilância e aguardar a chegada de uma outra embarcação pertencente à Guardia Costiera, para se dar início à operação de resgate”, lê-se no documento.

De acordo com a GNR, a operação foi concluída na madrugada de dia 28 de maio, ao fim de 29 horas tendo sido resgatados “um total de 151 migrantes, entre os quais se encontravam 35 crianças”.

A Lancha de Patrulhamento Costeiro "Bojador" realizou o resgate de todos os migrantes que foram todos transferidos para bordo da embarcação portuguesa que os levou até ao Porto de Crotone, onde desembarcaram em segurança.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+