Tempo
|
A+ / A-

Três mortos e vários desaparecidos devido a inundações em Itália

17 mai, 2023 - 10:19 • João Cunha , Olímpia Mairos

De acordo com as informações disponíveis, 14 rios transbordaram nas cidades de Cesena, Faenza, Riccione e Bolonha, que ficaram total ou parcialmente inundadas e milhares de pessoas tiveram de ser retiradas das suas casas e transferidas para pavilhões desportivos.

A+ / A-
Foto: Reuters
Foto: Reuters
Foto: Reuters
Foto: Reuters
Foto: Reuters
Foto: Reuters

Pelo menos três pessoas morreram, várias foram dadas como desaparecidas, e milhares foram retiradas das suas casas, devido às fortes chuvas que provocaram inundações devastadoras na região de Emilia-Romagna, no norte da Itália.

De acordo com as informações disponíveis, 14 rios transbordaram nas cidades de Cesena, Faenza, Riccione e Bolonha, que ficaram total ou parcialmente inundadas e milhares de pessoas tiveram de ser retiradas das suas casas e transferidas para pavilhões desportivos.

Dezenas de equipas de busca e salvamento estão desde as primeiras horas da madrugada a retirar pessoas que estão refugiadas nos pisos superiores ou nos telhados dos edifícios.

O ministro do Interior, Matteo Piantedosi, está a caminho das regiões afetadas e já exprimiu “proximidade e solidariedade com as populações da Emilia Romagna e de outras regiões gravemente afetadas pelo mau tempo”.

“Estou em constante contacto com os chefes dos Corpos de Bombeiros, Salvamento Público e Defesa Civil e com os prefeitos das províncias em questão para obter um quadro atualizado da grave situação. Agradeço a todos os operadores da Proteção Civil e do Forzedipolizia que, juntamente com os voluntários, estão continuamente empenhados nas operações de salvamento e assistência aos cidadãos afetados pelas gravíssimas ocorrências atmosféricas nestas horas”, escreveu no Twitter.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+