Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

Acordo sobre cereais em discussão entre Rússia e ONU

05 mai, 2023 - 05:24 • Lusa

O acordo foi firmado no verão passado em Istambul pela Ucrânia e pela Rússia, sob a mediação da ONU e da Turquia.

A+ / A-

Uma delegação interministerial russa reúne-se em Moscovo com a secretária-geral da Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD), Rebeca Grynspan, para discutir o acordo de exportação de cereais através do Mar Negro.

Segundo a ONU, o objetivo desta deslocação de Rebeca Grynspan é discutir a necessidade de prolongar o acordo sobre os cereais da Ucrânia, bloqueados nos portos ucranianos desde a invasão russa, em fevereiro de 2022, mas também abordar as exportações russas de alimentos e fertilizantes, compromisso que Moscovo diz não estar a ser cumprido.

O acordo foi firmado no verão passado em Istambul pela Ucrânia e pela Rússia, sob a mediação da ONU e da Turquia.

O acordo foi assinado inicialmente por um período de 120 dias e depois foi renovado por um segundo período similar até 18 de março. Nessa altura, a Rússia decidiu impor um novo período de renovação, de apenas 60 dias, período que expira a 18 de maio.

A presidência russa avisou nos últimos dias que as conversações para prolongar o acordo estão em risco.

Ancara avançou esta semana que a renovação do acordo sobre os cereais seria negociada pelos vice-ministros da Defesa da Rússia, Ucrânia e da Turquia numa reunião em Istambul prevista também para hoje, mas Moscovo não confirmou o encontro.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+