A+ / A-

Autoridades russas preparam campanha para recrutar 400 mil militares

30 mar, 2023 - 10:30 • Olímpia Mairos

Segundo a rádio russa Svoboda, a nova campanha de recrutamento terá início no dia 1 de abril.

A+ / A-

O Ministério da Defesa britânico, no seu último boletim diário, alerta que Moscovo está a preparar uma campanha de recrutamento, para tentar recrutar mais 400 mil soldados para se juntarem à guerra na Ucrânia.

“A Rússia está a apresentar a campanha como um pedido de voluntários e pessoal profissionalizado em vez de uma mobilização obrigatória. Há uma possibilidade realista de, na prática, esta distinção se esbater. As autoridades regionais vão tentar atingir os seus objetivos de recrutamento coagindo os homens a alistarem-se”, lê-se no relatório.

No entanto, a Defesa britânica considera que é “altamente improvável que a campanha vá atrair 400 mil voluntários genuínos”, lembrando que a Rússia além de recursos humanos, precisa também de “mais munições e equipamento militar”.

De acordo com a informação que está a ser veiculada pela rádio russa Svoboda, a nova campanha de recrutamento terá início no dia 1 de abril, e pretende mobilizar 400 mil soldados para o exército russo.

O recrutamento ficará a cargo de profissionais dedicados ao alistamento militar e o cumprimento do plano será responsabilidade dos governadores de cada região.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Cidadao
    31 mar, 2023 Lisboa 10:24
    Bestial: carne fresca para os soldados veteranos ucranianos, dotados de treino e armas ocidentais modernas, triturarem como a perus! E o povão russo impávido e sereno, pelo menos até os sacos de cadáveres começarem a chegar em grande número. Eu diria a esses 400000 candidatos a saco de cadáveres: façam alguma coisa pelo vosso País e até pela Humanidade. Quando vos derem essas armas, verifiquem se têm munições e derrubem Putin.

Destaques V+