A+ / A-

Grécia. Comboios voltam a circular 21 dias após acidente

22 mar, 2023 - 10:39 • Lusa

Algumas ligações mantêm-se suspensas porque os maquinistas se recusam a voltar ao trabalho, sublinhando que ainda persistem problemas de segurança.

A+ / A-

Vários comboios suburbanos em Atenas e Patras voltaram esta quarta-feira a circular, assim como várias rotas turísticas no centro e no sul da Grécia, 21 dias após a colisão frontal de dois comboios que causou 57 mortes.

Embora o Governo tivesse previsto retomar as rotas intermunicipais e de mercadorias no norte do país, estas continuam suspensas porque os maquinistas se recusam a conduzir os comboios, sublinhando que ainda persistem problemas de segurança naquelas vias.

Numa carta enviada na terça-feira à Hellenic Train, empresa que opera as ferrovias helénicas, o sindicato dos maquinistas diz que em vários pontos dessas rotas a comunicação entre o comboio e a estação não é possível.

O sindicato pede à empresa uma confirmação por escrito de que é seguro passar por uma série de túneis em que os bombeiros registaram "problemas de segurança".

De acordo com o plano do Governo, o serviço ferroviário, tanto de mercadorias como de passageiros, será retomado gradualmente até 11 de abril.

"É necessário reiniciar o serviço dos comboios para recuperar a confiança da população", afirmou o ministro interino dos Transportes, Yorgos Yerapetritis.

A 28 de fevereiro, um comboio de passageiros colidiu frontalmente com um de carga a norte da cidade de Larisa, causando 57 mortes, a maioria estudantes universitários.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+