Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

Ataque informático leva rádios russas a alertarem para bombardeamento

22 fev, 2023 - 12:15 • Lusa

As estações de rádio reproduziram sirenes aéreas e pediram à população que se mantivesse alerta e que se deslocasse para os abrigos o mais rápido possível.

A+ / A-

Várias estações de rádio russas transmitiram esta quarta-feira alertas sobre possíveis bombardeamentos durante um ataque informático massivo aos meios de comunicação russos, quando acontece uma invasão militar da Rússia na Ucrânia.

As estações de rádio, que reproduziram sirenes aéreas, pediram à população que se mantivesse alerta e que as pessoas se deslocassem para abrigos o mais rápido possível.

"Há uma ameaça de ataque com mísseis", transmitiram as emissoras, como a Relax FM, a Avtoradio e a Humor FM, entre outras.

Os moradores das cidades de Piatigorsj, Tyumen, Voronezh, Kazan, Magnitogorsk e Belgorod, assim como Ufa e Novouralsk, ouviram o alerta, segundo informações do portal de notícias Meduza.

As autoridades russas anunciaram que houve um ataque informático em larga escala contra os servidores das estações de rádio e afirmaram que "como resultado do ataque contra estes servidores, foram dados alertas para um possível ataque com mísseis".

No entanto, as autoridades russas salientaram que são informações falsas, que pretendem causar pânico na população. "O que aconteceu será investigado em profundidade", garantiram.

Em junho do ano passado, várias emissoras de rádio do país sofreram um ataque informático que provocou a transmissão de canções patrióticas ucranianas.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+