Tempo
|
A+ / A-

Zelensky. UE é "o caminho para casa"

09 fev, 2023 - 10:00 • Lusa

Presidente ucraniano, recebido em Bruxelas, diz que vitória na guerra "é obrigatória".

A+ / A-
Foto: Julien Warnand/EPA
Foto: Julien Warnand/EPA
Foto: Julien Warnand/EPA
Foto: Julien Warnand/EPA
Foto: Julien Warnand/EPA
Foto: Julien Warnand/EPA
Foto: Julien Warnand/EPA
Foto: Julien Warnand/EPA
O Presidente da Ucrânia insistiu esta quinta-feira que a adesão à União Europeia "é o caminho para casa" e a vitória na guerra "é obrigatória", sob pena de a maior "força antieuropeia" acabar com "o modo de vida europeu".

Depois de ser aplaudido por todo o plenário do Parlamento Europeu, Volodymyr Zelensky disse que a Ucrânia partilha "o modo de vida europeu" com os restantes 27 Estados-membros.

"Esta é a nossa Europa, estas são as nossas regras, este é o nosso modo de vida [...], e é o caminho para casa. Estou aqui hoje para defender o caminho para casa da nossa população, de todos os ucranianos, de todas as idades, de todas as orientações políticas, de todos os estratos sociais, de todas as convicções religiosas, todos partilhamos esta história europeia comum", sustentou.

Recebido por Metsola

O Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, foi esta quinta-feira recebido pela presidente do Parlamento Europeu, Roberta Metsola, no edifício da instituição em Bruxelas.

Volodymyr Zelensky entrou no edifício do Parlamento Europeu pelas 10h25, altura em que presumivelmente já estaria a discursar no Conselho Europeu, de acordo com a planificação inicial da cimeira extraordinária de hoje.

Depois de entrar no edifício do Parlamento Europeu acompanhado por Roberta Metsola, e de ouvir os hinos da Ucrânia, "A Ucrânia ainda não morreu", e da União Europeia, "Ode à Alegria", dirigiu-se ao plenário para uma declaração prevista para daqui a pouco.

Nas imediações do Parlamento Europeu várias pessoas aguardavam pela chegada do Presidente da Ucrânia, com os smartphones apontados na expectativa de poder registar o momento em que Volodymyr Zelensky chegou.

[notícia atualizada as 11h12 de 9 de fevereiro de 2023]

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+