A+ / A-

Governo português expressa solidariedade à Turquia após terramoto

06 fev, 2023 - 09:12 • Lusa

Ministério dos Negócios Estrangeiros português lamenta os efeitos do sismo na Turquia que vitimou também centenas de pessoas na Síria.

A+ / A-

O Governo português expressou a sua total solidariedade ao Governo e ao povo turco, anunciou o Ministério dos Negócios Estrangeiros português, lamentando os efeitos do sismo na Turquia que vitimou também centenas de pessoas na Síria.

"Estamos chocados com as notícias que chegaram da Turquia esta manhã sobre o terrível terramoto. O Governo Português manifesta a sua total solidariedade com o povo e o Governo da Turquia", publicou o Ministério dos Negócios Estrangeiros na rede social Twitter.

Um tremor de terra, com uma magnitude de 7,8 na escala de Richter atingiu esta madrugada a zona de fronteira entre a Turquia e a Síria.

O último balanço provisório de vítimas do tremor aumentou para 641 mortos, sendo que as autoridades alertam que o número pode ser ainda mais grave devido ao grau de destruição.

O abalo ocorreu às 04h17 (01h17 em Lisboa), a 33 quilómetros da capital da província de Gaziantep, no sudeste da Turquia, a uma profundidade de 17,9 quilómetros.

Segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês), minutos após o primeiro sismo, outro abalo de 6,7 graus na escala de Richter foi registado a 9,9 quilómetros de profundidade.

Os abalos foram sentidos também no Líbano e no Chipre, segundo correspondentes da agência France--Presse.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+