Tempo
|
A+ / A-

Covid-19

Máscara obrigatória nos transportes em Espanha acaba em fevereiro

26 jan, 2023 - 14:01 • Lusa

A medida, se for aprovada em 7 de fevereiro, deverá entrar em vigor no dia seguinte.

A+ / A-

Espanha vai acabar com a obrigatoriedade do uso de máscara nos transportes públicos em fevereiro, atendendo à situação estável da Covid-19 no país, anunciou a ministra da Saúde espanhola, Carolina Darias.

"Temos uma situação epidemiológica muito estável", justificou a ministra, em declarações aos jornalistas, em Madrid.

Carolina Darias explicou que a medida será levada ao Conselho de Ministros de 7 de fevereiro, depois de convocados os organismos de saúde que têm de ser ouvidos sobre esta questão.

A medida, se for aprovada em 7 de fevereiro, deverá entrar em vigor no dia seguinte.

A máscara deixará de ser obrigatória nos transportes públicos, mas vai ter de continuar a ser usada em unidades de saúde e farmácias, segundo a ministra.

Espanha é um dos poucos países europeus onde ainda é obrigatório usar máscara nos transportes públicos e, em declarações anteriores, o Governo afirmava ponderar manter essa regra até à primavera, depois do período de mais infeções respiratórias, que coincide com os meses mais frios.

No entanto, nas últimas semanas, vários peritos têm dito não se justificar já a obrigatoriedade das máscaras nos transportes, atendendo à situação estável da covid-19 verificada nos últimos meses, mesmo após o período das festas de Natal e de Ano Novo, que em anos anteriores se traduziu num aumento de infeções.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+