A+ / A-

Inédito. Advogado robô vai defender caso em tribunal

12 jan, 2023 - 15:36 • Sandra Afonso

É um passo sem precedentes que cruza Justiça e Inteligência Artificial. Startup que desenvolveu o serviço garante que pagará a multa se o réu sair a perder do julgamento.

A+ / A-

Um advogado robô vai, pela primeira vez na história, defender um caso em tribunal.

É já em fevereiro que a Inteligência Artificial vai gerir a defesa de um processo. Em causa está uma multa por excesso de velocidade. O local da audiência não foi revelado para já.

A notícia é avançada pelo site de ciência IFLScience citando a startup DoNoPay, que desenvolveu o serviço.

Ao contrário do que a imaginação possa ditar, não vai estar nenhum robô com perfil humano em tribunal a substituir um advogado. O robô vai dar instruções ao réu por telemóvel e será este a argumentar em sua própria defesa. A comunicação será feita com recurso a um auricular, que neste caso será considerado um aparelho auditivo, de modo a ser permitido em tribunal.

Dado que se trata de um teste piloto, o fundador da DoNoPay, Joshua Browder, já garantiu que, se o réu perder, será a startup a pagar a multa.

A DoNotPay foi criada em 2015, como uma startup chatbot, com o objetivo de ajudar os consumidores a evitarem o pagamento de multas e juros de mora. Numa segunda fase, passou a aplicar a Inteligência Artificial através do “OpenAI’s GPT-3”.

Este deverá ser só o primeiro passo de um longo caminho ainda a percorrer pela tecnologia no campo do Direito e da Justiça.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Vitor
    13 jan, 2023 Lisboa 23:42
    Conclusão lógica que se pretende anunciar: o advogado robot consegue absolver qualquer criminoso que queira pagar os honorários do operador do robot. Coitados, agora, dos escritórios dos tubarões que ganham milhões sem dar essa garantia. Estes vão ficar a perder e o melhor será adquirirem as empresas dos robots para os desmantelar.

Destaques V+