Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Mundial 2022

Embaixador português no Qatar chamado para esclarecer declarações "hostis" de altas figuras do Estado

23 nov, 2022 - 23:50 • Redação

Paulo Pocinho foi chamado ao Ministério dos Negócios Estrangeiros qatari, que terá expressado desagrado face a declarações de Marcelo Rebelo de Sousa e António Costa sobre direitos humanos e que as autoridades do Qatar consideram “hostis".

A+ / A-

O governo do Qatar terá convocado o embaixador português no país por declarações “hostis” a propósito de direitos humanos, segundo avança a CNN Portugal.

De acordo com aquela estação televisiva, Paulo Pocinho foi chamado ao Ministério dos Negócios Estrangeiros qatari, que terá expressado desagrado face a declarações de altas figuras do Estado português consideradas “hostis”.

Em particular, as do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa que, após o jogo com a Nigéria, antes da partida da seleção para o Qatar, reconheceu que o país organizador do Mundial de futebol não respeita os direitos humanos, preferindo esquecer essa circunstância para se focar na equipa.

Já esta terça-feira, Marcelo prometeu dizer o que pensa “sobre a questão dos direitos humanos”, já no Qatar.

Além do Presidente da República, também António Costa afirmou que, “quando lá formos não vamos seguramente apoiar o regime do Qatar, a violação dos direitos humanos e a discriminação contra as mulheres”, mas sim “apoiar a seleção de todos os portugueses.”

O governo do Qatar esclarece que só não serão tomadas medidas mais drásticas em nome da histórica amizade entre os dois países.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Manuel João Neves
    24 nov, 2022 Torre Cascais 15:07
    Todos os povos do mundo inteiro devem ser tratados com respeito e dignidade, porque nós somos seres humanos, filhos do único Pai, Deus Altíssimo, Deus Todo Poderoso. Os homens não são os donos deste mundo. Deus é o nosso Pai Criador de todas as coisas. O Nosso Senhor Jesus Cristo, é Rei do Universo! No Céu, temos o Nosso Pai que é Deus Todo Poderoso, a Nossa Mãe Maria Santíssima e o Nosso Senhor Jesus Cristo, Salvador da Humanidade! Senhor Nosso Deus, Defendeinos do Inimigo!
  • José J C Cruz Pinto
    24 nov, 2022 ILHAVO 05:41
    Não vale falarem de bola nem da qualidade do chuveiro. De bola vão poder falar aqui à vontade quando voltarem, e o chuveiro e quejandos não nos interessa. Força, valentões!
  • José J C Cruz Pinto
    24 nov, 2022 ILHAVO 04:39
    É agora que eu quero ver (i.e. saber de fonte segura) se Suas Excelências vão mesmo aproveitar "a bola" para defender os direitos humanos em terras do Qatar. Vou esperar sentado, ... mas ainda assim esperançado. [Por exemplo, em vez de tocarem no "assunto" algures lá e com alguém em privado, digam o que pensam diante de um microfone qatari, ou quando algum segurança, motorista ou alguém mais destacado para os receber ou acompanhar se lhes dirigir para perguntarem se "está tudo bem" e se "gostaram". E não vale então falarem de "futebol".]

Destaques V+