Tempo
|
A+ / A-

Porta-aviões mais moderno da Marinha dos EUA estreia-se em treino da NATO

05 out, 2022 - 03:54 • Lusa

Irá realizar vários exercícios em conjunto com navios de países como França, Alemanha e Suécia, sete meses depois do início da invasão russa da Ucrânia.

A+ / A-

O porta-aviões mais moderno da Marinha dos Estados Unidos embarcou esta terça-feira para a sua primeira missão e irá integrar manobras militares com outros países da NATO, sendo visto como uma demonstração da capacidade militar norte-americana.

O USS Gerald R. Ford deixou a maior base da Marinha do mundo em Norfolk, no Estado da Virgínia, juntamente com 'destroyers' e outros navios que compõem o grupo de ataque deste porta-aviões.

O moderno porta-aviões irá juntar-se a navios de países como França, Alemanha e Suécia para vários exercícios, incluindo contra guerra antissubmarino, no oceano Atlântico.

Estes exercícios entre países da NATO ocorrem sete meses depois do início da invasão russa da Ucrânia e num momento de escalada de tensões entre Moscovo e o Ocidente.

Bradley Martin, investigador sénior de políticas da RAND Corporation, destacou à agência Associated Press (AP) que os exercícios demonstrarão as capacidades militares norte-americanas e o apoio à Aliança Atlântica.

O USS Ford é o primeiro da nova classe de porta-aviões Ford da Marinha. Estes foram projetados para transportar uma variedade maior de aviões e operar com várias centenas de marinheiros a menos.

O navio está a ser implementado cinco anos depois de ter sido comissionado, tendo sido assolado por várias contrariedades, incluindo problemas no seu sistema de lançamento de aeronaves e nos elevadores que trazem mísseis e bombas para os caças no convés.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Digo
    05 out, 2022 Eu 09:14
    E depois de terminar os exercícios de treino, anda ali para os lados do Mar Negro, uma esquadra Russa a pedir para ser afundada ...

Destaques V+