A+ / A-

Ford Escort conduzido por princesa Diana leiloado por 869 mil euros

27 ago, 2022 - 19:15 • Lusa

O automóvel deverá permanecer no país de origem, depois de um licitador próximo de Manchester ter batido licitações do Dubai e dos Estados Unidos da América.

A+ / A-

O Ford Escort RS Turbo preto que pertenceu a Diana, Princesa de Gales, foi este sábado vendido em leilão no Reino Unido por cerca de 737.000 libras (869.000 euros), poucos dias antes do 25.º aniversário da sua morte.

O automóvel deverá permanecer no país de origem, depois de um licitador próximo de Manchester ter batido licitações do Dubai e dos Estados Unidos da América.

Com um preço inicial de 100.000 libras, a última oferta foi de 650.000 libras, a que se somaram impostos e IVA, segundo a agência France-Presse (AFP).

O carro representou o ponto alto do leilão organizado pela Silverstone Auctions e que ocorreu no circuito de Silverstone, 120 quilómetros a noroeste de Londres.

Com 132 cavalos de potência, este Ford apresentava-se como uma versão desportiva dos Escort até aí vendidos.

Atualmente é possível encontrar versões menos ilustres deste modelo em segunda mão por volta dos 10.000 dólares.

A leiloeira refere que Diana conduziu o carro por Londres, apesar de se fazer seguir acompanhada por um agente de segurança.

O carro conta com 40.000 quilómetros e foi emprestado pela Ford a Diana entre 1985 e 1988.

Desde então, mudou de mãos várias vezes, antes de ser completamente renovado para venda.

Ao contrário dos primeiros exemplares, que foram pintados na cor “Diamond White”, o Escort RS Turbo conduzido por Diana foi o primeiro — e julga-se o único — da primeira série a ser pintado de preto.

Em junho do ano passado, um outro Ford Escort utilizado por Diana, um 1.6 Ghia de 1981, oferecido pelo seu noivado, foi arrematado por 52.000 libras a um licitante sul-americano.

A venda teve lugar quatro dias antes do 25.º aniversário da morte da princesa, aos 36 anos de idade, num acidente de viação em Paris.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+