Tempo
|
A+ / A-

NASA revela som de buraco negro e acaba com mito

23 ago, 2022 - 18:09 • Redação

De acordo com a agência espacial norte-americana, os buracos negros emitem ondulações de gás que produzem sons inaudíveis ao audição humana.

A+ / A-

A NASA compartilhou, na rede social Twitter, um áudio com cerca de 30 segundos onde é possível ouvir os sons emitidos por um buraco negro, na centro da galáxia de Perseu.

O Observatório de Raios-X Chandra, da NASA, recolheu as ondas sonoras e transformou-as num som que pode ser escutado pelo ouvido humano. Para tal, foi necessário aumentar o som original em 57 e 58 oitavas.

"Os astrónomos descobriram que as ondas de pressão enviadas pelo buraco negro causavam ondulações no gás quente do aglomerado que poderiam ser traduzidas em uma nota – uma que os humanos não conseguem ouvir cerca de 57 oitavas abaixo do dó central”, lê-se num comunicado da agência espacial.

De acordo com a publicação da NASA, "o equívoco de que não há som no espaço origina-se porque a maior parte do espaço é um vácuo, não fornecendo nenhuma maneira para as ondas sonoras viajarem. Um aglomerado de galáxias tem tanto gás que captámos o som real. Aqui é amplificado e misturado com outros dados, para ouvir um buraco negro!".

Segundo a agência espacial norte-americana, os dados sonoros são emitidos em direções radiais, ou seja, de dentro para fora.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+