Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Fumo do incêndio na Serra da Estrela chega a Madrid

16 ago, 2022 - 19:19 • Rosário Silva

A névoa acompanhada de um cheiro intenso, proveniente do incêndio da Serra da Estrela, levou dezenas de espanhóis a ligar o 112.

A+ / A-

O Centro de Emergência 112 da Comunidade de Madrid recebeu, na manhã de terça-feira, 360 chamadas de cidadãos de diferentes partes da região, alertados pelo cheiro de fogo e por uma presença ativa de fumo.

De acordo com o jornal El Mundo, a maioria das chamadas foi recebida entre as 9h00 e as 15h00, “provenientes de toda a região”, adiantou ao periódico fonte das Emergências de Espanha.

Sem entrar em grandes detalhes, o jornal esclarece que “o cheiro veio de um incêndio em Portugal, a quase 350 quilómetros, em linha reta para Madrid, que devido à direção e força do vento na terça-feira atravessou metade da Península Ibérica”.

Javier Chivite, porta-voz do serviço de Emergências 112 de Madrid, confirmou, através de uma gravação áudio enviada à imprensa que, no momento das chamadas, não estava “nenhum incêndio ativo na Comunidade de Madrid".

"É um incêndio em Portugal que, devido à direção e força do vento, atravessou metade da Península Ibérica e as suas consequências são sentidas na Comunidade de Madrid", acrescentou o responsável.

Além do incêndio da Serra da Estrela, para este cenário contribuiu também o fogo que começou ontem na aldeia de Lajeosa da Raia, concelho do Sabugal, muito perto de Casillas de Flores, Salamanca.

O cheiro e o fumo podem ser sentidos com maior intensidade no sul de Castela e Leão e norte da Extremadura espanhola.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+