Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Rússia e Ucrânia assinam acordo sobre cereais. Guterres fala em "farol de esperança"

22 jul, 2022 - 15:21 • Ricardo Vieira

Acordo assinado esta sexta-feira, em Istambul, após vários meses de duras negociações. Secretário-geral da ONU espera que seja um passo para a paz no Leste da Europa.

A+ / A-

Os acordos para desbloquear os cereais da Ucrânia, assinados esta sexta-feira, são um “farol de esperança” em tempo de guerra, afirmou o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, na cerimónia realizada em Istambul na Turquia.

António Guterres destaca a importância que o entendimento alcançado entre russos e ucranianos, com mediação turca, tem para o combate à fome no mundo.

"Hoje há um farol de esperança no Mar Negro, um farol de possibilidades, de alívio, num mundo que precisa disto mais do que nunca", declarou no seu discurso em Istambul.

O secretário-geral da ONU, que desde o início da guerra já se reuniu com os presidentes da Rússia e da Ucrânia, espera que o acordo sobre cereais seja um primeiro passo e uma janela de esperança para a paz no Leste da Europa.

António Guterres agradeceu à Turquia e destacou o facto de ucranianos e russos terem conseguido "ultrapassar obstáculos" na questão da exportação de cereais a partir dos portos ucranianos no Mar Negro.

Na sua intervenção, o Presidente turco, Tayyp Erdogan, disse esperar que o acordo desta sexta-feira seja um "passo importante para o final da guerra", que só pode ser resolvida na mesa das negociações, sublinhou.

Os cereais retidos nos silos da Ucrânia vão agora começar a ser exportados, num acordo de 120 dias que pode ser prolongado.

Este acordo tem um nuance simbólica, uma vez que Ucrânia e Rússia recusaram assinar o mesmo documento e rubricaram documentos separados com os mediadores turcos e das Nações Unidas.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+