Tempo
|
A+ / A-

Milhares de pessoas manifestam-se na Geórgia pela adesão à UE

24 jun, 2022 - 22:45 • Lusa

Dezenas de milhares de pessoas manifestaram-se hoje à noite em Tbilissi, capital da Geórgia, contra a política do Governo e pela adesão à União Europeia, após o país falhar o estatuto de candidato à UE

A+ / A-

Os manifestantes, empunhando bandeiras georgianas e europeias, reuniram-se junto ao parlamento, onde fizeram soar o hino da União Europeia, constatou a AFP no local.

Várias organizações pró europeias e também formações da oposição apelaram para acentuar a pressão sobre o partido no poder, Sonho Georgiano, acusado de deriva autoritária e de deteriorar a relação com Bruxelas.

“Nós, o povo georgiano, exigimos que (o primeiro-ministro), Irakli Garibashvili, se demita e que um novo governo se forme para realizar todas as reformas solicitadas pela União Europeia”, disse um dos organizadores.

“Damos uma semana ao Governo para satisfazer a nossa exigência”, acrescentou, precisando que uma nova manifestação se realizará a 03 de julho.

“Quaisquer que sejam as promessas feitas pelo Governo georgiano, não acreditamos mais que respeitará a palavra”, afirmaram os organizadores da manifestação no Facebook.

“O povo georgiano deve defender a sua escolha europeia », sublinharam.

Tbilissi apresentou a candidatura à União Europeia juntamente com a Ucrânia e a Moldova, após a Rússia lançar a ofensiva contra o vizinho ucraniano.

Hoje, os dirigentes europeus decidiram conceder o estatuto de candidato oficial a Kiev e a Chisinau e disseram-se “prontos para conceder o estatuto de candidato” a Tbilissi, uma vez feitas as importantes reformas necessárias.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+