Tempo
|
A+ / A-

Guerra na Ucrânia

Trégua em Azovstal para retirar feridos

16 mai, 2022 - 14:14 • Ricardo Vieira, com agências

Ministério da Defesa da Rússia anuncia acordo de cessar-fogo para retirar soldados feridos que estão cercados no complexo industrial de Mariupol.

A+ / A-

Foi anunciada esta segunda-feira uma trégua nos combates no complexo industrial de Azovstal, na cidade ucraniana de Mariupol, para retirar feridos, avançou esta segunda-feira a agência de notícias France Press, que cita o governo russo.

"Um acordo foi alcançado com representantes do exército ucraniano que estão bloqueados em Azovstal, em Mariupol, para evacuar os feridos", disse o Ministério da Defesa da Rússia.

Os militares de Moscovo adiantam que um "regime de silêncio" foi introduzido no terreno durante o processo de retirada dos soldados ucranianos feridos.

As negociações para tentar retirar feridos do complexo industrial de Azovstal decorriam há vários dias, entre a Ucrânia e a Rússia.

A siderurgia Azovstal, que está debaixo de ataque há várias semanas, é o único ponto de Mariupol ainda sob controlo das forças ucranianas.

Civis retirados de Mariupol. "Tínhamos uma casa de dois andares. Já não está lá"
Civis retirados de Mariupol. "Tínhamos uma casa de dois andares. Já não está lá"
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+