Tempo
|
A+ / A-

Investigação aponta para 600 mortes no ataque ao teatro de Mariupol

04 mai, 2022 - 19:22 • Diogo Camilo

Centenas de ucranianos estariam no interior do edifício quando este foi atacado por forças russas, a 16 de março.

A+ / A-

Uma investigação revelada esta quarta-feira aponta para 600 mortes no ataque russo ao teatro de Mariupol, na Ucrânia, e não 300 como foi avançado na altura.

Centenas de ucranianos estariam no interior do edifício quando este foi atacado por forças russas, a 16 de março.

Autoridades ucranianas estimavam que o ataque aéreo tenha feito cerca de 300 vítimas mortais, mas uma investigação da Associated Press estima que o número de mortes seja o dobro.

Testemunhas no local apontaram que estavam no edifício cerca de mil pessoas à altura do ataque, e que ninguém, nem mesmo as equipas de resgate, viu mais de 200 pessoas escapar com vida.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+