Tempo
|
A+ / A-

Guerra na Ucrânia

Guterres em Kiev a 28 de abril depois de se encontrar com Putin em Moscovo

22 abr, 2022 - 18:56 • José Pedro Frazão, enviado especial à Ucrânia

Data ainda está dependente das condições logísticas e de segurança para a viagem entre ambas as capitais. Agência France Presse indica que o encontro deverá acontecer na próxima quinta-feira, 28 de abril.

A+ / A-

António Guterres deverá seguir de Moscovo para Kiev.

Segundo apurou a Renascença, o secretário-geral das Nações Unidas deverá chegar à capital ucraniana só depois de se encontrar com Vladimir Putin.

A reunião de alto nível entre Guterres e o Presidente russo está marcada para o início da próxima semana. A ONU indica que Guterres chega a Moscovo na segunda-feira, dia 25 de abril. O Kremlin adianta que a reunião acontece na terça-feira.

Quanto ao encontro entre Guterres e Zelensky, em Kiev, a data concreta está, ainda, dependente das condições logísticas e de segurança para a viagem entre ambas as capitais, uma vez que o espaço aéreo ucraniano está encerrado, mas tudo indica que poderá ocorrer na quarta ou na quinta-feira da próxima semana.

De resto, a agência France Presse avança que a viagem de Guterres a Kiev acontecerá na próxima quinta-feira, dia 28.

Até agora, os altos responsáveis políticos da União Europeia e do Reino Unido têm chegado a Kiev de comboio a partir de países a oeste da Ucrânia.

Kiev está a cerca de 200 quilómetros da fronteira terrestre com a Bielorrússia, país aliado da Federação Russa na invasão da Ucrânia.

António Guterres foi muito crítico da intervenção russa no início da guerra e, recentemente, apelou a uma trégua Pascal, assinalando um período sagrado para os ortodoxos e greco-católicos, mas sem sucesso.

A confirmar-se, o secretário-geral das Nações Unidas visitará os dois países logo a seguir à Páscoa ortodoxa, quando a ONU prepara também o regresso muito limitado nos próximos dias a Kiev.

[notícia atualizada às 01h45]

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Ivo Pestana
    22 abr, 2022 Funchal 18:50
    Mais vale tarde, de que nunca.

Destaques V+