Tempo
|
A+ / A-

"Partygate". Festas em Downing Street dão origem a 20 multas

29 mar, 2022 - 10:47 • Redação com agências

A polícia não nomeia as pessoas visadas, pelo que ainda não se sabe se Boris Johnson é um dos multados.

A+ / A-

O inquérito policial às festas que aconteceram na residência e escritório do primeiro-ministro, Boris Johnson, violando as regras sanitárias durante a pandemia da Covid-10, resultaram em 20 multas. A informação está a ser avançada pelo BBC.

Os autos vão agora ser enviados para o Gabinete do Cadastro Criminal, que as emite aos envolvidos. Estes terão 28 dias para pagar ou contestar a sanção.

Na segunda hipótese, a polícia volta a analisar o caso e revoga a multa ou remete o caso para tribunal.

Em causa estão 12 ajuntamentos, que podem ter violado as regras contra a propagação do novo coronavírus, levando as autoridades a inquirir cerca de 100 pessoas.

Ao que tudo indica, Johnson esteve em pelo menos três.

O escândalo conhecido por “partygate” causou uma onda de indignação, já que muitas pessoas ficaram impossibilitadas de acompanhar familiares e próximos que morreram ou que estavam doentes ou sozinhos.

Sondagens mostram uma queda na popularidade de Boris Johnson, de 57 anos, eleito em 2019 com uma maioria absoluta histórica graças à promessa de concretizar o Brexit (processo de saída do Reino Unido da União Europeia).

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+