Tempo
|
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
Tudo o que precisa de saber sobre o Mundial 2022 Últimas Notícias Mundial 2022
A+ / A-

Boris Johnson compara a resistência na Ucrânia ao Brexit e é arrasado

19 mar, 2022 - 17:05 • Redação

O primeiro-ministro britânico foi fortemente criticado tanto por companheiros de partido como por adversários políticos.

A+ / A-

O primeiro-ministro britânico Boris Johnson foi criticado por comparar a luta ucraniana contra a invasão russa à votação do povo britânico pelo Brexit.

Num discurso na convenção dos conservadores em Blackpool, Boris Johnson disse: "Eu sei qual é o instinto do povo deste país, tal como o do povo da Ucrânia, é o de escolher a liberdade, sempre".

"Posso dar alguns exemplos recentes. Quando o povo britânico votou no Brexit de forma tão expressiva, não acredito que tenha sido por serem hostis aos estrangeiros. É porque queriam ser livres para fazer as coisas de maneira diferente e que este país pudesse ter nas suas mãos o futuro.

Johnson não evitou o remoque de um companheiro do partido conservador Lord Barwell, que salientou que a Ucrânia está a tentar ingressar na União Europeia.

Lord Barwell, que foi chefe de gabinete de Theresa May no número 10 de Downing Street, afirmou que votar no referendo de 2016 "não é de forma alguma comparável a arriscar a vida" numa guerra.

O líder liberal Ed Davey disse que o primeiro-ministro "é uma vergonha nacional", acrescentando: "Comparar um referendo com mulheres e crianças a fugir das bombas de Putin é um insulto a todos os ucranianos”.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+