Tempo
|
A+ / A-

Ucrânia. Moscovo anuncia pedido de ajuda dos separatistas para combate contra Kiev

23 fev, 2022 - 21:57

O Kremlin anunciou que os líderes das autoproclamadas repúblicas separatistas pró-Rússia pediram ajuda ao Presidente russo Vladimir Putin para "repelir a agressão" dos militares ucranianos

A+ / A-

Kremlin anunciou hoje que os líderes das autoproclamadas repúblicas separatistas pró-Rússia, no leste da Ucrânia, pediram ajuda ao Presidente russo Vladimir Putin para “repelir a agressão” dos militares ucranianos.

Segundo o porta-voz da presidência russa, Dmitry Peskov, citado pelos ‘media’ estatais da Rússia, as duas regiões separatistas de Donetsk e Lugansk, cuja independência Moscovo reconheceu esta semana, “solicitaram ajuda do Presidente da Rússia para repelir a agressão das forças armadas ucranianas”.

Este apelo, se for aceite, pode significar o envolvimento militar direto da Rússia no leste da Ucrânia, confirmando os receios dos países ocidentais de que Moscovo está a preparar uma invasão ao país vizinho.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+