Tempo
|
A+ / A-

Covid-19. EUA vão distribuir 400 milhões de máscaras gratuitas

19 jan, 2022 - 10:56 • Reuters

É mais uma tentativa de conter a pandemia, depois de a administração Biden ter sido criticada por não fazer o suficiente.

A+ / A-

Veja também:


Os Estados Unidos vão distribuir, a partir da próxima semana e de forma gratuita, 400 milhões de máscaras N95 (tipo “bico de pato”) pela população, anunciou a Casa Branca nesta quarta-feira.

As máscaras faciais serão enviadas para as farmácias e os centros de saúde comunitários ainda esta semana e estarão disponíveis para distribuição no final da próxima.

“O programa estará a funcionar em pleno no início de fevereiro”, anunciou a Casa Branca.

A medida surge depois de o Presidente norte-americano ter sido criticado por não fazer o suficiente para promover o uso de máscara ou reforçar a realização de testes, enquanto a variante Ómicron da Covid-19 continua a assolar o país.

Em resposta, a administração norte-americana disponibilizou testes gratuitos através de um site lançado oficialmente na quarta-feira e anunciou a distribuição de máscaras.

“É a maior mobilização de equipamentos de proteção individual na história dos EUA”, sublinhou fonte da Casa Branca citada pela agência Reuters.

As máscaras N95, que formam uma vedação ao redor do nariz e da boca, são consideradas especialmente eficazes na prevenção da propagação do vírus. Na semana passada, os Centros de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) dos EUA recomendaram que os americanos usassem a "máscara mais protetora" possível.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+