Tempo
|
A+ / A-

Índia desenvolve vacina contra a variante Ómicron

18 jan, 2022 - 08:57 • Olímpia Mairos , com agências

A ser aprovada será primeira vacina mRNA Covid-19 desenvolvida naquele país.

A+ / A-

Veja também:


A Gennova Biopharmaceuticals da Índia está a desenvolver uma vacina especifica contra a variante Ómicron, que se tem espalhado por todo o mundo.

De acordo com a agência Reuters, a nova vacina pode ficar disponível dentro de dois meses. Até lá, será ainda necessário efetuar alguns testes.

"A variante específica de Ómicron da vacina está em desenvolvimento e estará pronta para testes clínicos em humanos, sujeitos a aprovações regulatórias", confirmou um porta-voz da empresa através de uma mensagem de texto.

A ser aprovada esta será a primeira vacina mRNA Covid-19 desenvolvida no país.

A farmacêutica norte-americana Pfizer também anunciou que espera ter uma nova vacina contra a Covid-19, produzida com o intuito de melhorar a proteção contra a variante Ómicron, em março.

O CEO da Pfizer, Albert Bourla, explicou que ainda não está claro se esse novo imunizante será necessário, mas disse que a sua empresa já está a começar a fabricar as primeiras doses porque alguns países querem tê-las o mais rápido possível.

"Temos a esperança de alcançar algo que ofereça uma proteção muito melhor, particularmente contra infeções, porque a proteção contra hospitalizações e doenças graves é razoável com as vacinas atuais, desde que tenha sido administrada uma terceira dose", afirmou o responsável ao canal televisivo CNBC.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+