Tempo
|
A+ / A-

COVID-19

EUA reveem em baixa incidência da variante Ómicron

29 dez, 2021 - 00:51 • Lusa

Apesar da revisão, a tendência é crescente e a variante Ómicron continua a ganhar cada vez mais terreno, apesar dos dados relativos à semana passada serem ainda recentes e, por isso, suscetíveis de serem revistos nos próximos dias.

A+ / A-

Os Centros de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos reviram esta terça-feiraem baixa a incidência no país da nova variante Ómicron, na semana antes do Natal, em comparação com a variante Delta.

Nos dados atualizados no seu sítio na Internet, os CDC apontaram que, na semana de 19 a 25 de dezembro, as infeções com a nova variante do coronavírus SARS-CoV-2 representaram 58,6% dos casos.

No entanto, para a semana anterior, os dados foram revistos em baixa, indicando agora que a Ómicron foi responsável por 22,5% das novas infeções.

Anteriormente o CDC tinha estimado a prevalência da Ómicron na semana de 12 a 18 de dezembro em 73,2%, mas corrigiu agora em mais de cinquenta pontos percentuais essa previsão.

Segundo os dados mais recentes, naquela semana 77% das infeções de covid-19 resultaram da variante Delta e apenas 0,5% foram causadas por outras variantes.

Apesar da revisão, a tendência é crescente e a variante Ómicron continua a ganhar cada vez mais terreno, apesar dos dados relativos à semana passada serem ainda recentes e, por isso, suscetíveis de serem revistos nos próximos dias.

Os novos casos de covid-19 continuam em aceleração nos Estados Unidos, que na última semana registaram um aumento de 66% de infeções, mas também de 18% no número de mortes.

Nos últimos sete dias registaram-se em média, 237.061 novos casos de covid-19 por dia, segundo os dados da Universidade Johns Hopkins.

Já o número médio de mortes diárias fixou-se em 1.453.

Os Estados Unidos continuam a ser um dos países mais atingidos pela pandemia, com mais de 816.000 mortes e 52,3 milhões de infeções desde março de 2020, segundo os dados da Universidade Johns Hopkins.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+