Tempo
|
A+ / A-

EUA

FBI confirma. Corpo encontrado no Wyoming é de Gabby Petito

22 set, 2021 - 06:58 • Redação com agências

O médico legista fala em homicídio, na análise preliminar. No entanto, "a causa da morte aguarda os resultados finais" da autópsia.

A+ / A-

A autópsia confirmou que os restos mortais encontrados, no passado domingo, na Floresta Nacional Bridger-Teton, no Wyoming, pertencem a Gabby Petito, a jovem de 22 anos que desapareceu durante uma viagem com o noivo.

Segundo o FBI, o médico legista do condado de Teton considerou a morte um homicídio na análise preliminar. No entanto, “a causa da morte permanece pendente dos resultados finais da autópsia”.

O noivo, Brian Laundrie, continua a ser considerado uma pessoa de interesse no caso. “Quem tiver qualquer informação relativa ao caso ou saiba do paradeiro do Sr. Laundrie deve contatar o FBI”, pediu o agente especial Michael Schneider.

A jovem, de 22 anos, estava desaparecida desde 11 de setembro durante uma viagem com o seu companheiro. O último contacto que os pais tiveram com ela foi quando os dois viajantes estavam na área do Parque Nacional Grand Teton, em Wyoming.

O FBI fez buscas e recolheu vários objetos na casa de Brian Laundrie, de 23 anos, que segundo a família despareceu há uma semana, três dias após o desaparecimento da namorada ter sido comunicado.

Gabby deixou o emprego para viajar em julho pelos Estados Unidos numa carrinha com o noivo documentando a viagem no Instagram usanado a ashtag #vanlife. Há mais de duas semanas, Laundrie voltou sozinho para casa, em North Port, Flórida, com a carrinha e não deu mais explicações.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+