Tempo
|
A+ / A-

António Costa e Pedro Sánchez encontram-se na Galiza a 1 de outubro

21 set, 2021 - 23:24 • Lusa

A terceira edição do Fórum La Toja-Vínculo Atlântico vai discutir temas como a "concessão dos fundos europeus e a superação da Covid-19".

A+ / A-

O primeiro-ministro António Costa e o homólogo espanhol Pedro Sánchez vão-se encontrar a 1 de outubro, na ilha galega de A Toxa, na província de Pontevedra, no encerramento do Fórum La Toja-Vínculo Atlântico.

Os chefes de Governo vão encerrar um evento de três dias com "responsáveis empresariais, políticos e sociais dos dois lados do Atlântico", cujo programa foi apresentado esta terça-feira, em Lisboa, com a presença do presidente da Confederação Empresarial de Portugal, António Saraiva, e do membro do comité organizador do evento, Carlos Lopez Blanco.

A terceira edição do Fórum La Toja-Vínculo Atlântico vai discutir temas como a "concessão dos fundos europeus e a superação da Covid-19", o "papel global da nova administração Biden e as consequências da crise no Afeganistão", a "digitalização" ou o "desafio ambiental", refere a nota de imprensa.

Já o ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, vai participar na sessão inaugural da terceira edição desta iniciativa, que assinala a entrega do Prémio Fórum La Toja pela primeira vez, ao político e economista mexicano José Ángel Gurría, que ocupou o cargo de secretário-geral da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico desde 2006 até maio passado.

O galardão visa "reconhecer figuras com carreiras meritórias em prole do reforço e desenvolvimento das democracias representativas e do vínculo atlântico", lê-se no comunicado.

Entre os restantes oradores do evento, incluem-se ainda Felipe González, primeiro-ministro de Espanha entre 1982 e 1986, eleito pelo PSOE, força política de esquerda, e Mariano Rajoy, líder do Governo espanhol entre 2011 e 2018, após eleito pelo PP, de direita.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+