Tempo
|
A+ / A-

Redes sociais

Quarenta minutos por dia. TikTok restringe utilização para menores de 14 anos na China

20 set, 2021 - 19:23 • Redação

Medida surge medida depois de, em agosto, as autoridades chinesas terem passado a limitar o acesso a videojogos online a três horas por semana para os menores de 18 anos.

A+ / A-

A aplicação Douyin, versão chinesa do TikTok, anunciou esta segunda-feira o lançamento de uma versão para adolescentes que limita a 40 minutos diários a utilização por adolescentes com menos de 14 anos.

De resto, a tecnológica chinesa ByteDance, detentora do TikTok, está a pedir aos pais que registem os seus filhos com menos de 14 anos, com os seus nomes verdadeiros para que a restrição a este público, em particular, se torne automática

Por outro lado, a ByteDance vai investir em novos conteúdos para "inspirar" os jovens, desde experiências científicas a exposições de museus.

Esta medida vem no seguimento de uma outra tomada em agosto pelas autoridades chinesas que passaram a limitar o acesso a videojogos online a três horas por semana para os menores de 18 anos.

Pequim justificou a iniciática com a necessidade de combater a dependência entre os jovens.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+