Tempo
|
A+ / A-

Afeganistão

Vale do Panshir. Frente Nacional da Resistência nega derrota face aos talibãs

06 set, 2021 - 09:25 • Lusa

É uma zona de difícil acesso, situada a cerca de 80 quilómetros a norte de Cabul. É considerada o último reduto da oposição contra as forças talibãs que tomaram o poder após combates localizados no norte do Afeganistão

A+ / A-

A Frente Nacional de Resistência do Afeganistão (NRF) que combate contra os talibãs na província afegã do Panshir negou o controlo da região pelas forças do Emirado Islâmico e assegura que os combates continuam.

"A afirmação dos talibãs sobre a ocupação do Panshir é falsa. As forças da NRF estão presentes em todas as posições estratégicas do vale para continuarem a luta", indicou o movimento através de uma mensagem publicada na rede social Twitter, pouco depois de os talibãs terem assegurado o controlo do território do leste do Afeganistão.

As forças do Emirado Islâmico controlam Cabul e as 34 províncias do Afeganistão, excetuando bolsas de resistência armada no vale do Panshir, desde o dia 15 de agosto.

O anúncio dos talibãs sobre o controlo da região ocorre na mesma altura em que o chefe da diplomacia norte-americana é esperado em Doha, no Qatar, onde vai analisar a situação no Afeganistão.

O vale do Panshir, uma zona de difícil acesso situada a cerca de 80 quilómetros a norte de Cabul constituindo o último reduto da oposição contra as forças talibãs que tomaram o poder após combates localizados no norte do Afeganistão, durante a fase final da retirada das forças norte-americanas.

"Com esta vitória, o nosso país está completamente desarmado e fora do marasmo da guerra", declarou hoje o principal porta-voz talibã, Zabihullah Mujahid em comunicado.

Após o passado dia 15 de agosto, a NRF afirmava que mantinha "posições estratégicas" no vale para resistir contra as forças talibãs.

Atualmente, a NRF é comandada por Ahmad Massoud, filho de Shah Massoud e é composta por efetivos locais e membros das antigas forças de segurança afegãs que se refugiaram na região após a vitória dos talibãs.

Amrullah Saleh, vice-presidente do Governo deposto pelos talibãs, encontra-se refugiado neste vale.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+