Tempo
|
A+ / A-

Afeganistão. Terceira explosão em Cabul devida a destruição de material por militares

26 ago, 2021 - 23:51 • Lusa

Não há pormenores sobre a magnitude da explosão, mas acredita-se que tenha sido um dano controlado.

A+ / A-

Uma terceira explosão ouvida em Cabul, Afeganistão não correspondeu a qualquer ataque, mas à destruição de material pelos militares dos EUA no aeroporto, disse o porta-voz dos talibã, esta quinta-feira.

A terceira explosão na capital afegã foi ouvida por muitos cidadãos e jornalistas locais, que logo partilharam nas redes sociais, e ocorreu poucas horas depois do duplo ataque bombista no aeroporto internacional de Cabul, não havendo pormenores sobre a magnitude da última explosão.

O porta-voz dos talibã, Zabihullah Mujahid, indicou pouco depois, na rede social Twitter, que esta explosão não era devida a qualquer ataque, mas à destruição de equipamentos pelo exército norte-americano no aeroporto, o que este não confirmou de imediato.

O líder do Comando Central dos Estados Unidos, general Kenneth McKenzie, confirmou 12 mortes e 15 feridos nos ataques desta tarde em Cabul, atribuindo a autoria das explosões a terroristas do Estado Islâmico.

McKenzie disse que os terroristas detonaram-se com bombas do lado de fora do aeroporto, e que se seguiu um ataque armado.

Um responsável do Ministério da Saúde do governo afegão citado pela BBC referiu que o número de feridos é de, pelo menos 140, e que há pelo menos 60 mortos resultantes dos ataques da tarde.

Tópicos
Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+