Tempo
|
A+ / A-

Boeing

Boeing 737 amara no Havai. Tripulantes resgatados com ferimentos

02 jul, 2021 - 16:32 • Redação

Avião de carga seguia de Honolulu para a ilha de Maui, mas caiu na água pouco depois de descolar devido a problemas no motor.

A+ / A-

Um avião de carga Boeing 737 amarou ao largo do Havai, após ter tido, alegadamente, problemas no motor. De acordo com a Autoridade Federal de Aviação (AFA), os dois tripulantes foram resgatados, ainda que com ferimentos.

O avião fazia o trajeto de Honolulu para a ilha de Maui, mas caiu na água pouco depois de descolar, a somente três quilómetros do Aeroporto de Kalaeloa. A FAA e o Painel Nacional de Segurança dos Transportes vão investigar o sucedido.

As imagens transmitidas pela NBC mostram um homem, que se pensa ser um dos pilotos, a ser levado numa cadeira de rodas, aparentando estar consciente. Também é possível ver uma ambulância a abandonar o local do acidente.

De acordo com a ABC News, esse piloto está gravemente ferido e internado nos cuidados intensivos. O outro piloto, com ferimentos menos graves, estava a ser transportado por um barco de resgate da guarda costeira.

De acordo com o portal "Flightradar24", o avião era um Boeing 737-200 de carga, construído em 1975 e operado pela transportadora Transair desde 2014. Terá deixado o aeroporto às 11h33, mas dado rapidamente a volta e caído à água ao fim de poucos minutos.

A Transair opera desde 1982 e é uma das mais antigas transportadoras aéreas do Havai. Tem uma frota de cinco Boeing 737, segundo o site oficial.

Não confundir com o Boeing 737 Max, aeronave de transporte de passageiros que tem estado ligado a acidentes fatais nos últimos anos.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+