Tempo
|
A+ / A-

Canadá bate recorde de calor com temperatura superior a 46 graus

28 jun, 2021 - 14:54 • Hélio Carvalho , com agências

As temperaturas superaram os 40 graus em várias regiões do país habituado ao frio e nos Estados Unidos há centros de vacinação encerrados por causa do calor.

A+ / A-

O Canadá e a região noroeste dos Estados Unidos estão a atravessar uma onda de calor sem precedentes, com vários recordes a serem quebrados nos últimos. No domingo, a região de British Columbia, na costa pacífica do Canadá, registou uma temperatura máxima de 46.6 graus Celsius - a temperatura mais elevada desde que há registo, em 84 anos.

Esse registo surgiu na cidade de Lytton, mas mais 40 outras cidades na região de British Columbia registaram valores recorde.

Antes, o recorde anterior no país percentera a duas cidades na região de Saskatchewan, que registaram 45 graus Celsius em julho de 1937.

À BBC, um cientista ambiental canadiano, David Philiphs, não descartou a hipótese de as temperaturas voltarem a alcançar os 47 graus. "Eu gosto de bater recordes, mas isto é uma razia. Está mais quente em partes do Canadá Ocidental que no Dubai", acrescentou.

A onda de calor abrasador já dura desde o início do mês e espera-se que continue até ao final desta semana.

As temperaturas deverão rondar entre 10 a 15 graus acima do normal.

Calor ataca de Norte a Sul

Nos Estados Unidos, nas cidades de Seattle e Portland (duas regiões onde as temperaturas costumam ser bem mais baixas, mesmo no verão), centros de vacinação contra a Covid-19 tiveram de ser encerrados devido ao calor intenso.

O Serviço Nacional de Meteorologia dos Estados Unidos afirmou, numa nota no seu site, que as temperaturas nas regiões a Noroeste do Pacífico fazem parte de uma "onda de calor histórica" e deixou um aviso tenebroso para esta segunda-feira.

"Vários recordes diários, mensais e de todo o sempre de temperatura estão previstos. Para colocar isto em perspetiva, é provável que o dia de hoje fique na história como um dos mais quentes alguma vez registados em Seattle e Portland. O nível de calor é extremamente perigosos e pode ser mortal se as medidas de segurança necessárias não forem seguidas", afirmou o serviço.

Nas duas cidades referidas, que são capitais dos estados de Washington e Oregon, respetivamente, foram levantadas medidas de restrições sobre a pandemia para permitir mais pessoas dentro de centros comerciais, onde há ar condicionado.

Também foram levantadas restrições em torno da lotação de piscinas, mas uma piscina teve de ser encerrada devido ao calor.

Nem os atletas estão a salvo: as equipas de atletismo americanas que preparam os Jogos Olímpicos tiveram de suspender os treinos.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+