A+ / A-

Covid-19

Pandemia já fez 1.827.565 de mortes no mundo

02 jan, 2021 - 16:16 • Lusa

Mais de 83.906.690 casos de infeção foram oficialmente diagnosticados desde o início da pandemia, dos quais pelo menos 53.756.600 são agora considerados curados.

A+ / A-

Veja também:


A Covid-19 já matou pelo menos 1.827.565 de pessoas no mundo desde que o aparecimento da doença foi registado na China, segundo o balanço da agência France Presse às 11h00 deste sábado.

Mais de 83.906.690 casos de infeção foram oficialmente diagnosticados desde o início da pandemia, dos quais pelo menos 53.756.600 são agora considerados curados.

O balanço é feito com base nos dados comunicados diariamente pelas autoridades sanitárias de casa país, excluindo as revisões posteriores das entidades responsáveis pelas estatísticas em países como a Rússia, Espanha e Reino Unido.

O número de casos diagnosticados reflete apenas uma fração do total de infeções, sendo que uma parte dos casos é menos importante ou refere-se a situações assintomáticas. Há ainda a acrescentar o aumento generalizado da realização de testes, desde o começo da pandemia.

Na sexta-feira, registaram-se 9.661 novas mortes e 555.864 novos casos em todo o mundo, sendo os países com o maior número de novas mortes os Estados Unidos, com 2.271, México (700) e o Reino Unido (613).

Os Estados Unidos são o país mais afetado tanto em termos de mortes como de casos, com um total acumulado de 347.865 mortes em 20.136.182 casos, de acordo com a contagem da Universidade Johns Hopkins.

Seguem-se o Brasil, com 195.411 mortos e 7.700.578 casos, a Índia com 149.218 mortos (10.305.788 casos), o México com 126.507 mortos (1.437.185 casos) e a Itália com 74.621 mortos (2.129.376 casos).

A Bélgica tem o maior número de mortes em relação à sua população, com 169 mortes por 100.000 habitantes, seguida da Eslovénia (131), Bósnia (125), Itália (123) e Macedónia do Norte (120).

Às 11 horas de hoje, a Europa totalizava 577.421 mortes para 26.780.200 casos, a América Latina e Caraíbas 509.332 mortes (15.631.581 casos), os Estados Unidos e Canadá 363.471 mortes (20. 718.886 casos), a Ásia 220.019 mortes (13.946.361 casos), o Médio Oriente 90.239 mortes (4.012.049 casos), África 66.138 mortes (2.786.532 casos) e Oceânia 945 mortes (31.087 casos).

Este balanço é realizado a partir de dados recolhidos pelos correspondentes da France Presse junto de entidades competentes e em informações da OMS.

Devido às correções comunicadas e pela publicação tardia de alguns valores, o aumento dos números globais, durante as últimas 24 horas, pode não corresponder exatamente aos valores que foram noticiados anteriormente.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+