Tempo
|
A+ / A-

​Amazon. Fortuna de Jeff Bezos cresce 22 mil milhões de euros com a Covid-19

16 abr, 2020 - 15:27 • Ricardo Vieira

O aumento da procura dos produtos colocados à venda nas plataformas eletrónicas da Amazon, devido às medidas de confinamento na sequência da pandemia de Covid-19, fez disparar os ganhos de Bezzos nos primeiros quatro meses do ano.

A+ / A-

Veja também:


A fortuna de Jeff Bezos, fundador e diretor executivo da Amazon, e homem mais rico do mundo, aumentou 22 mil milhões de euros durante a pandemia de Covid-19.

Trata-se de um crescimento a rondar os 20%, para um total de 126,5 mil milhões de euros, avança o jornal "The Guardian".

O aumento da procura dos produtos colocados à venda nas plataformas eletrónicas da Amazon, devido às medidas de confinamento na sequência da pandemia de Covid-19, fez disparar os ganhos de Bezos nos primeiros quatro meses do ano.

A Amazon está por estes dias a trabalhar perto da capacidade máxima, mas também há queixas sobre as condições de trabalho nos armazéns do retalhista.

Foram organizados protestos a exigir melhores condições e medidas que permitam minimizar o risco de contágio pelo novo coronavírus.

Na terça-feira, a empresa de Jeff Bezos anunciou a primeira morte de um dos seus funcionários com Covid-19. Trabalhava num armazém na Califórnia, e faleceu a 31 de março.

A Amazon anunciou, no início da semana, que vai contratar 75 mil funcionários para responder ao aumento da procura devido à pandemia da Covid-19.

As encomendas online aumentaram com a implementação das medidas de isolamento social, que implica a contratação de pessoal para os armazéns da empresa e estafetas para fazer as entregas.

A gigante do comércio online espera subir os custos com os salários de 350 milhões de dólares para os 500 milhões, de forma a responder à procura durante o período da pandemia do novo coronavírus. Esta é já a segunda vez que a Amazon contrata durante a pandemia, depois de ter reforçado as fileiras com mais 100 mil funcionários.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • mewgma
    17 abr, 2020 01:13
    Ninguém entrega a fortuna do careca aos necessitados? Mate-se a cobra e a peçonha

Destaques V+