Emissão Renascença | Ouvir Online
A+ / A-

​“Por favor, parem o Brexit e fiquem connosco”. O apelo da Alemanha aos britânicos

18 jan, 2019 - 15:26 • Redação

Annegret Kramp-Karrenbauer, sucessora de Merkel à frente da CDU, é uma das dezenas de signatários da carta aberta: “Vamos ter saudades de ir ao pub, de beber chá com leite, mas acima de tudo dos nossos amigos do outro lado do Canal.”

A+ / A-

A sucessora de Angela Merkel, Annegret Kramp-Karrenbauer, é uma das signatárias de uma carta aberta publicada esta sexta-feira no jornal britânico “The Times”, dirigida ao povo britânico, num apelo sentido para que o Brexit não se concretize.

“Por favor, parem o Brexit e fiquem connosco”, lê-se na missiva. "Do fundo do coração, queremos que fiquem", acrescentam os signatários, entre eles o empresário alemão Tom Enders, o ex-jogador de futebol Jens Lehmann, vários políticos e artistas, entre outros.

"Depois dos horrores da Segunda Guerra Mundial, o Reino Unido não nos abandonou, acolheu a Alemanha como um país soberano e uma potência europeia, e nós, como alemães, não nos esquecemos e somos gratos", acrescentaram.

Os signatários consideram que o continente europeu "não seria o que é hoje: uma comunidade definida pela liberdade e prosperidade".

Embora os britânicos tenham votado a favor da saída da UE no referendo de junho de 2016, o Reino Unido "terá sempre amigos na Alemanha e na Europa", e a opção de retornar à comunidade permanecerá aberta, é ressaltado no documento.

"Sentiremos falta do Reino Unido, sentiremos falta do lendário humor negro britânico e de irmos ao 'pub' depois do horário de trabalho para tomar uma cerveja, teremos saudades de tomar chá com leite e dirigir à esquerda na estrada", acrescentam os alemães.

"Mas mais do que tudo, sentiremos falta do povo britânico, nossos amigos do outro lado do Canal", lê-se também na missiva.

O Reino Unido deve sair da União Europeia a 29 de março, às 23h00, em termos ainda por esclarecer, dado que o Parlamento britânico rejeitou o acordo negociado entre o Governo de Theresa May e Bruxelas.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+