Tempo
|
A+ / A-

Terroristas do Estado Islâmico reivindicam atentado no Iémen

20 jun, 2015 - 17:35

O ataque fez, pelo menos, três mortos e dois feridos.

A+ / A-

A filial do autoproclamado Estado Islâmico (EI) no Iémen reivindicou este sábado o ataque contra uma mesquita na Cidade Velha da capital iemenita, Sana, em que morreram pelo menos três pessoas e duas ficaram feridas.

Em comunicado difundido através das redes sociais, o ramo iemenita do grupo Estado Islâmico confirmou que levou a cabo um ataque de "vingança" contra os xiitas, referindo-se ao movimento rebelde houthi que controla actualmente a capital.

"O carro-bomba foi detonado perto de um templo dos xiitas infiéis", tendo sido identificado pelo nome de "Qubat al Mahdi", segundo o comunicado, que adianta que a detonação ocorreu "perto da porta Baab Al Sabah na Cidade Velha de Sana".

Testemunhas e fontes da segurança disseram à agência AFP que um carro-bomba explodiu perto da mesquita al-Mehdi Kobbat, na Cidade Velha da capital do Iémen, Sana, onde os muçulmanos xiitas costumam rezar.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+