Tempo
|
A+ / A-

Caso Rio Ave. Sindicato dos jogadores exige investigação célere

28 dez, 2017 - 00:50

Lembra que é necessário ter “respeito pelo segredo de justiça e pelo princípio da presunção de inocência”.

A+ / A-

O sindicato dos jogadores de futebol profissional (SJFP) espera que o caso do alegado envolvimento de jogadores do Rio Ave na manipulação de resultados “seja investigado e tratado com celeridade pelas autoridades competentes”.

Em comunicado divulgado pela rede social Facebook, o sindicato reage assim à notícia avançada pela SIC que deu conta do alegado envolvimento de quatro jogadores do Rio Ave, cujos nomes não foram divulgados pela reportagem, na manipulação do resultado de um jogo contra o Feirense na época passada.

O SJFP diz estar também “atento ao impacto negativo que representa para os jogadores e para a instituição desportiva que representam, bem como para o futebol português” este caso.

“O fenómeno da manipulação de resultados e a ameaça que representa para a integridade das competições, no caso da Liga NOS, a imagem do futebol português e a carreira dos jogadores alegadamente envolvidos exige, em respeito pelo segredo de justiça e pelo princípio da presunção de inocência, um tratamento cuidadoso pelas instâncias que aplicam a justiça criminal e desportiva”, acrescenta o comunicado.

O sindicato lembra que “aos agentes desportivos não cabe especular ou interferir no processo investigatório, mas antes unir esforços para informar, sensibilizar e proteger o futebol destas práticas”.

No entanto, o comunicado do SJFP acrescenta que “existem factores de risco que potenciam as abordagens a jogadores para manipular resultados, entre os quais o incumprimento salarial”.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Vigia Coelhos
    28 dez, 2017 Lisboa 10:48
    Ó JP, aqui há uns 3 anos atrás, quando apareceram publicados nos mesmos pasquins, uns contratos do JJ e de alguns atletas do SCP, não consegui ver nenhuma indignação/vergonha dos papoilas que gozaram a divulgação de barriga cheia. Agora parecem uma virgens ofendidas. Está-lhes o relvado a fugir de baixo dos pés!
  • CARDOSO
    28 dez, 2017 SEIXAL 10:40
    PERGUNTA DE UM IGNORANTE:ENTÃO OS DIRIGENTES DO RIO AVE,NÃO SE APERCEBERAM DAS INVESTIGAÇÕES DA P.J..
  • JP
    28 dez, 2017 Olhão 09:15
    O que se está a passar com o grupo dos medias da COFINA é vergonhoso e não se percebe a passividade do organismo que controla estes órgãos de DESINFORMAÇÃO. O CM, CMTV e RECORD estão a ir para além do que se pode considerar o interesse público . Eu pergunto: Qual é o interesse público na publicação dos salários de certos jogadores ESPECÍFICOS e não outros? Porque razão o PIZI aparece como último da lista? Aliás a jornaleira da CMTV foi clarinha ao chamar atenção para o que recebe o jogador em relação a outros. Se bem me lembro a época passada o PIZI era capa de pasquins por andar muitos jogos sem levar o último cartão amarelo e consequente castigo de 1 jogo. Os Saraivas e os jotas têm muito poder dentro destas aberrações jornaleiras por isso O Pinto pôs em tempos um travão na coisa bem como o Ronaldo. Ainda me lembro o que o Pinto fez a um jornalista que hoje trabalha na BTV e na altura fazia relatos para a RR e TVI. Esta gente às vezes só conhece a via drástica pois pensam que estão imunes quando ofendem e devassam a vida de pessoas e instituições. Mais, não é por acaso que andam a fazer esta sujeira é que no dia 3 há um SLB/SCP e esta lista da forma como foi divulgada tem um objetivo, condicionar o jogador PIZI peça importante no meio campo do SLB. Só não percebe quem não quer.

Destaques V+