A+ / A-

Rui Vitória cai da Champions asiática e exalta-se com o árbitro

16 set, 2019 - 22:40 • Lusa

O Al Nassr, treinado pelo português, foi eliminado, nos quartos de final, pelo Al Sadd, do Catar. Um penálti desatou a indignação de Rui Vitória, que teve de ser travado por seguranças.

A+ / A-

O Al Nassr, treinado pelo português Rui Vitória, foi afastado da Liga dos Campeões asiáticos, esta segunda-feira, ao perder a segunda mão dos quartos de final, por 3-1, com o Al Sadd, do Catar.

Apesar do triunfo por 2-1 em casa, que a deixava em vantagem na eliminatória, a equipa saudita não resistiu em Doha, frente ao campeão do Qatar. O Al Sadd colocou-se em vantagem aos 26 minutos, quando Akram Afif beneficiou de um desvio involuntário de um defesa para inaugurar o marcador.

O empate surgiu pouco depois, aos 33 minutos, em livre direto do avançado marroquino Abderrazak Hamdallah, que também tirou partido de um toque da bola na cabeça de um adversário, na barreira, enganando o guarda-redes.

Na segunda parte, o Al Sadd igualou a eliminatória, através de um potente remate de fora da área, por Hassan Al Haidos, sobre a direita, aos 59 minutos. A qualificação foi garantida por intermédio de uma grande penalidade, convertida pelo argelino Baghdad Bounedjah, aos 83 minutos.

O penálti - mão nas costas do extremo, que caiu na área - foi muito contestado pelos sauditas, com Rui Vitória no final a mostrar a sua indignação perante o árbitro do Sri Lanka. O treinador português teve mesmo de ser travado pelos seguranças, tal era a sua revolta.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Agostinho Rio
    17 set, 2019 Braga 12:51
    Os comentarios da Graça Franco acerca do debate Costa/Rio foi confrangedor. A opinião é livre e a estupidez não paga impostos. A clareza e desassombro habitual do Jose Mega Ferreira deixou os outros participantes de boca aberta. Aliás, nada mais seria de esperar do esquerdista Dinis, duma lerdinha desconhecida e da referida Graça Franco(pobreza franciscana!). Vi os comentarios de todos os outros canais e elogio a lucidez de F Rosas e do insuspeito Nicolau Santos.

Destaques V+