Tempo
|
A+ / A-

Despedido o CEO da OpenAI, empresa que criou o GPT

17 nov, 2023 - 21:41 • Diogo Camilo

A OpenAI diz "já não confiar na capacidade de liderança" do cofundador, que acusa de não ter sido "consistentemente sincero" nas suas comunicações ao conselho de administração.

A+ / A-

A OpenAI, a empresa que desenvolve o ChatGPT, anunciou esta sexta-feira a saída do diretor-executivo e cofundador, Sam Altman, devido à "perda de confiança" do conselho de administração.

"A saída de Altman acontece após um processo de análise deliberada pela administração, que concluiu que não consistentemente sincero nas suas comunicações ao conselho, prejudicando as suas competências em exercer as suas responsabilidades. O conselho de administração não tem mais confiança na sua habilidade em em continuar a liderar a OpenAI", refere a empresa em comunicado.

A OpenAI anunciou também um substituto, a antiga diretora de tecnologia Mira Murati, de nacionalidade albanesa.

Sam Altman, um dos rostos da Inteligência Artificial, tornou-se um dos mais bem-sucedidos na área depois do desenvolvido do ChatGPT, há cerca de um ano, angariando milhares de milhões de euros em investimentos através de parceiros como a Microsoft. Atualmente, o chatbot online de inteligência artificial já ultrapassou mais de 100 milhões de utilizadores.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+