A+ / A-

Portugal deixa de ser um dos três países mais endividados da União Europeia

23 out, 2023 - 12:11 • Redação

Grécia, Itália, França e Espanha são agora os países com um rácio de dívida sobre o PI maior do que Portugal.

A+ / A-

Portugal deixou, no segundo trimestre de 2023, o terceiro lugar entre os Estados-membros da União Europeia (UE) com maior dívida pública.

Este era o lugar que o país ocupava desde 2010, segundo dados divulgados esta segunda-feira pelo Eurostat. O rácio da dívida pública portuguesa registou no segundo trimestre deste ano uma das maiores reduções a nível europeu.

No segundo trimestre deste ano, Portugal, com 110,1%, passou do terceiro lugar para o quinto dos países da UE com maior peso da dívida pública face ao Produto Interno Bruto (PIB).

À frente de Portugal estão agora a Grécia (166,5% do PIB), Itália (142,4% do PIB), França (111,9% do PIB) e Espanha (111,2% do PIB).

O Ministério das Finanças prevê que o nível de endividamento público nacional caia neste ano para 103% do PIB, e fique já no final de 2024 abaixo de 100% do PIB (98,9% do PIB).

No conjunto dos 27 Estados-membros, segundo o serviço estatístico da UE, o rácio da dívida recuou, no segundo trimestre, para os 83,1% do PIB, face aos 85,9% homólogos e aos 83,4% dos primeiros três meses do ano.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • ze
    23 out, 2023 aldeia 16:30
    Assim.podem continuar a pedir dinheiro com juros mais baixos para dar esmoças ao povo que está quase na miséria de tanto pagar impostos,

Destaques V+