Tempo
|
A+ / A-

​IUC sobe para carros e motociclos anteriores a 2007

10 out, 2023 - 15:49 • Manuela Pires

Medida conjuga-se com a criação de um incentivo ao abate de veículos antigos, que visa promover a renovação do parque automóvel e a descarbonização do transporte de passageiros.

A+ / A-

Veja também:


O Imposto Único de Circulação (IUC) vai aumentar para carros e motociclos com matrícula anterior a 2007, indica a proposta de Orçamento do Estado para 2024 (OE 2024).

No próximo ano quem tiver um carro ou um motociclo com matrícula anterior a 2007 vai pagar mais Imposto Único de Circulação, num limite máximo de 25 euros, mas este valor vai aumentado progressivamente até que a taxa de IUC represente a totalidade da tributação relativa ao CO2 emitido por estes veículos.

No relatório que acompanha a proposta de Orçamento do Estado, o Governo explica que os veículos com matrícula posterior a 2007 são tributados com base na cilindrada e nas emissões de CO2, mas os anteriores (categoria A e E) são apenas tributados com base na cilindrada.

O Governo diz que esta medida abrange três milhões de carros e 500 mil motociclos.

Esta medida conjuga-se com a criação de um incentivo ao abate de veículos antigos, que visa promover a renovação do parque automóvel e a descarbonização do transporte de passageiros.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • Miguel Gordo Marques
    14 out, 2023 Loureira 14:43
    É sempre o mesmo a pagar. Querem impor os carros elétricos, sabendo que o sistema de energia em Portugal não tem capacidade para tal. Cambada de burros. Temos estar sempre na linha da frente, mas esquecem se que as pessoas não têm capacidade financeira para os caprichos desta corja de políticos. Que não pagam iuc. Triste país 😢
  • Luis
    13 out, 2023 Povoa de lanhoso 19:24
    Estou farto de pagar e nao ver nada …
  • José M C Pinto
    13 out, 2023 Vale Conqueiro 14:59
    O carro foi posto a GPL para ser ecológico. Foram gastos 1500€. E agora? Querem continuar a escravizar ? GPL deve ter isenção TOTAL
  • José Pinto
    13 out, 2023 Alcobaça 14:51
    E os carros a GPL também estão sujeitos? Seim é uma tremenda injustiça.
  • ricard0 costa
    12 out, 2023 setubal 22:03
    ricardo costa....impressionante,,nao sabem o que se passa cá em baixo,,pessoas que poem comida na mesa destes engravatados,,mas primeiro que tudo isto é ilegal,,porque quando se adquiriram estes veiculos o ia,hoje isv, era uma barbarie,,depois de 2007 passou a ser utilizador pagador,,iuc alto mas isv, antigo is 4 vezes inferior,,agora quem ja pagou tudo tem de pagar imenso,,incentivos? um gozo,,eletricos? a fraude do seculo,antes de começarem a circular já tem uma pegada ecologica enorme,,no meio rural temos veiculos sazonais,, poluem muito menos porque circulam pouco,,querem matar quem já está moribundo,,venham ao terreno ver,,nao cedam ao lobie vendedores de carros,,etc etc,, cambada de imcompetentes,,e os media estao comprados,,nao fazem as perguntas certas,,principalmente sobre o preço dos combustiveis,,com menos 17 centimos de imposto,versus preço do crude, materias primas valor do dolar,,os combustiveis deviam custar menos trinta centimos,,mas os media nunca pedem as contas ,apenas acenam a cabeça quando o presidente da anarec diz que o problema sao os impostos,é mentira,,estes governantes sao uns criminosos,enchem ainda mais os bolsos de quem já tem milhoes e esravizam economicamente que dá de comer ao pais,,criminosos
  • Paulo Amorim
    12 out, 2023 Póvoa de Lanhoso 19:26
    Tudo mentira isto é um roubo vão apanhar o carbono com um saco vão atrás de quem são os verdadeiros poluidores, já não basta pagar a casa ao banco mais credito para o carro não brinquem mais com o povo, espero que antes de mudar o imposto, mude o governo
  • cristina
    12 out, 2023 portalegre 10:06
    como assim???e quem não pode comprar um carro usado ou novo, e o tal carro velhinho que ainda anda que se comprou com algumas dificuladades , sou obrigada a pagar mais de iuc por o manter ou então andar a pé???? que bela m.... de incetivos dão, teem que pensar que neste país nem todos somos ricos sem remediados....
  • Costa
    11 out, 2023 Covilhã 08:38
    Este des-governo procura a todo o custo e neste caso à custa dos que ainda não puderam na sua grande maioria trocar por carros mais modernos, arrecadar verbas para depois esbanjar em negócios ruinosos como os que têm vindo a público. Assim continua a politica deste governo da treta.
  • ze
    10 out, 2023 aldeia 19:22
    Ora aí está um grande incentivo para acabar com os carros "velhos" assim a maior parte dos portugueses podem contribuir para acabar com as tretas do ozono e do clima etc.....e como não têm posses para trocar ou comprar um novo, podem abater os que têm e andar a pé.

Destaques V+