Tempo
|
A+ / A-

Pagamentos do PRR sobem para 2.618 milhões e aprovações atingem 14.332 milhões

29 set, 2023 - 16:43 • Lusa

De acordo com o último relatório de monitorização, os beneficiários do PRR receberam mais 36 milhões de euros na última semana.

A+ / A-

Os pagamentos aos beneficiários diretos e finais do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) subiram para 2.618 milhões de euros (16%) até quarta-feira e as aprovações fixaram-se em 14.332 milhões de euros (86%), foi anunciado esta sexta-feira.

De acordo com o último relatório de monitorização, os beneficiários do PRR receberam mais 36 milhões de euros na última semana.

As empresas (736 milhões de euros), as entidades públicas (729 milhões de euros) e as empresas públicas (338 milhões de euros) receberam os maiores montantes.

Depois aparecem as escolas (234 milhões de euros), as autarquias e áreas metropolitanas (175 milhões de euros), as famílias (148 milhões de euros) e as instituições de ensino superior (137 milhões de euros).

Com os montantes mais baixos estão as instituições da economia solidária e social (47 milhões de euros) e as instituições do sistema científico e tecnológico (também com 47 milhões de euros).

A execução permanece em 17% dos marcos e metas contratados com a União Europeia.

Por sua vez, a liderar as aprovações estão as empresas (4.529 milhões de euros), as entidades públicas (4.260 milhões de euros) e as empresas públicas (2.244 milhões de euros).

Seguem-se as autarquias e áreas metropolitanas (1.442 milhões de euros), as instituições de ensino superior (624 milhões de euros), as escolas (369 milhões de euros), as instituições da economia solidária e social (353 milhões de euros), as instituições do sistema científico e tecnológico (330 milhões de euros) e as famílias (181 milhões de euros).

Até 27 de setembro, o PRR recebeu 203.734 candidaturas e 144.261 estão aprovadas, mais 2.618.

Desde 06 de setembro e até quarta-feira, somam-se 3.573 candidaturas aprovadas.

Em 22 de setembro, a Comissão Europeia aprovou a revisão do PRR de Portugal, que ascende agora a 22.200 milhões de euros.

Esta alteração integra a dotação financeira do programa energético europeu RepowerEU (704 milhões de euros), bem como a que não foi utilizada da reserva de ajustamento ao ‘Brexit’ (81 milhões de euros).

O PRR, que tem um período de execução até 2026, pretende implementar um conjunto de reformas e investimentos tendo em vista a recuperação do crescimento económico.

Além de ter o objetivo de reparar os danos provocados pela covid-19, este plano tem ainda o propósito de apoiar investimentos e gerar emprego.


Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+