Tempo
|
A+ / A-

AFIA em contacto com Governo para minorar impacto da paragem da Autoeuropa

02 set, 2023 - 23:03 • Lusa

Paragem da produção na fábrica de Palmela poderá prolongar-se por dois meses.

A+ / A-

A Associação de Fabricantes para a Indústria Automóvel (AFIA) mantém "contactos com o Governo" para tentar minorar os impactos da paragem da produção na Autoeuropa, que poderá prolongar-se por nove semanas.

"A associação também está a ter contactos com o Governo para tentar encontrar medidas para tentar minorar os impactos da paragem da produção da Volkswagen Autoeuropa", disse à Lusa o secretário-geral da AFIA, Adão Ferreira.

A Comissão de Trabalhadores (CT) da Autoeuropa revelou na quinta-feira que a empresa vai fazer uma paragem de produção de nove semanas, de 11 de setembro a 12 de novembro, e que pretende aplicar o "lay-off" nesse período.

A paragem de produção na Autoeuropa deve-se às dificuldades de um fornecedor da Eslovénia, que foi "severamente afetado" pelas condições climatéricas que se fizeram sentir naquele país no passado mês de agosto.

De igual forma, a associação disse está a acompanhar a situação junto dos seus associados "para avaliar o impacto da situação inesperada".

Na sexta-feira, o coordenador da CT da Autoeuropa confirmou que a empresa pretende rescindir contratos a termo incerto, um tema que será abordado na reunião com a administração, na próxima semana.

A CT e a administração da Autoeuropa reúnem-se na segunda e na terça-feira para discutir as condições financeiras do "lay-off´, mas os representantes dos trabalhadores defendem que a empresa tem todas as condições para garantir os rendimentos de todos os colaboradores.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+