Tempo
|
A+ / A-

Galp aumenta gás natural em outubro e mantém eletricidade

25 ago, 2023 - 18:20 • Lusa com redação

Empresa justifica aumento com custos nos mercados grossistas e subida das tarifas de acesso à rede regulada.

A+ / A-

A Galp decidiu não mexer no preço da eletricidade até ao final do ano, mas o gás natural vai aumentar 4%, a partir do dia 1 de outubro.

A empresa justifica a medida com "o aumento dos custos de energia nos mercados grossistas e a subida das tarifas de acesso à rede regulada”.

Segundo contas da Galp, citadas pela Lusa, numa família com dois filhos”, a atualização na faturação de gás natural vai traduzir-se “num aumento médio de 70 cêntimos por mês”, no primeiro escalão de gás natural, com um consumo médio mensal de 134 kWh (quilowatt-hora).

Na última vez que mexeu nos preços, em julho, a Galp desceu em média 10% os preços da eletricidade e do gás natural, devido à "evolução favorável que se tem verificado nos mercados grossistas de ambas as formas de energia”.

O preço final da eletricidade depende das tarifas de acesso às redes, publicadas pelo regulador, a Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos. A tarifa de acesso às redes é paga por todos os consumidores, independentemente de estarem no mercado regulado ou no liberalizado, e reflete o custo das infraestruturas e dos serviços utilizados por todos os consumidores de forma partilhada.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+