A+ / A-

Habitação

Prestação da casa sobe 262 euros para créditos de 150 mil euros a 12 meses

30 jun, 2023 - 18:34 • Lusa

A evolução das taxas de juro Euribor está intimamente ligada às subidas ou descidas das taxas de juro diretoras BCE.

A+ / A-

A prestação da casa paga ao banco vai subir em julho nos contratos indexados a taxas Euribor que sejam revistos nesse mês, agravando-se 262 euros no prazo a 12 meses, segundo a simulação da Deco/Dinheiro&Direitos.

Um cliente com um empréstimo no valor de 150 mil euros, a 30 anos, indexado à Euribor a seis meses e com um 'spread' (margem de lucro do banco) de 1%, passa a pagar, a partir de julho, 789,27 euros, o que traduz uma subida de 110,67 euros face à última revisão em janeiro.

Já no caso de um empréstimo nas mesmas condições (valor e prazo de amortização), mas indexado à Euribor a três meses, o cliente passa a pagar 763,24 euros, mais 54,79 euros do que paga desde abril.

Estes valores foram calculados tendo em conta as médias da Euribor no mês de junho, tendo sido a seis meses de 3,825% e a três meses de 3,536%.

Já no que diz respeito aos empréstimos indexados à Euribor a 12 meses, a prestação da casa - para as condições referidas - aumenta em julho para 805,87 euros, refletindo uma subida de 262,48 euros mensais.

Neste caso, este valor foi calculado tendo em conta a média da Euribor em junho que, a 12 meses, foi de 4,007%.

A evolução das taxas de juro Euribor está intimamente ligada às subidas ou descidas das taxas de juro diretoras BCE.

Após vários anos em terreno negativo, as Euribor começaram a subir mais significativamente desde 04 de fevereiro, depois de o Banco Central Europeu (BCE) ter admitido que poderia subir as taxas de juro diretoras devido ao aumento da inflação na zona euro.

De então para cá, o BCE já aumentou as taxas diretoras por várias vezes, o que significa um agravamento do valor que os clientes pagam pelos créditos, desde logo pelos empréstimos à habitação. Espera-se novo agravamento das taxas de juro do BCE em julho.

Saiba Mais
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+