A+ / A-

Moody's mantém perspetiva estável para o sistema bancário português

29 mar, 2023 - 11:55 • Lusa

Agência de notação financeira diz que bancos portugueses vão ter rentabilidade devido à subida dos juros sobre empréstimos que é superior à dos juros dos depósitos.

A+ / A-

A Moody's mantém uma perspetiva estável para o sistema bancário português nos próximos 12 a 18 meses, considerando-o "globalmente resiliente" no atual contexto de política monetária restritiva.

Numa nota divulgada nesta quarta-feira, a agência de notação financeira - que emite "ratings" para sete bancos portugueses (CGD, BCP, Santander Totta, Novo Banco, BPI, Caixa Central de Crédito Agrícola Mútuo e Montepio) - prevê que o crédito mal parado da banca portuguesa "aumente ligeiramente, à medida que a inflação deteriora os orçamentos das famílias e empresas e as taxas de juro mais altas aumentam os custos do serviço da dívida".

Juros dos empréstimos rentabiliza bancos

Por outro lado, antecipa que a rentabilidade do sistema bancário aumente, refletindo uma subida dos juros sobre os empréstimos superior à dos juros dos depósitos.

"Isto vai compensar o aumento das despesas operacionais e os custos de crédito mais elevados", refere.

O "outlook" da Moody's aponta ainda para a manutenção da estabilização dos índices de capital da banca portuguesa, com a subida dos ativos ponderados pelo risco e os pagamentos de dividendos a compensarem a mais forte geração interna de capital.

"A grande e resiliente base de depósitos e os consideráveis ativos líquidos vão continuar a suportar a liquidez e o financiamento dos bancos, permitindo um reembolso rápido dos empréstimos ao Banco Central Europeu (BCE)", acrescenta.

Relativamente à eventual necessidade de apoios públicos, a agência de notação continua "a assumir uma probabilidade moderada de apoio público" aos dois maiores bancos portugueses - CGD e BCP: "A introdução da diretiva europeia "Bank Recovery and Resolution" (BRRD) limita as possibilidades de os governos apoiarem o setor bancário, embora permita um apoio extraordinário para garantir a estabilidade financeira em caso de uma perturbação económica grave", nota.

Tópicos
Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

Destaques V+