A+ / A-

​Explicador

Apoio dos 125 euros. Quem recebe, quanto e quando?

20 out, 2022 - 13:19 • Fátima Casanova , Cristina Nascimento

Medida do Governo foi criada para ajudar as famílias a enfrentar a escalada de preços dos bens e serviços causada pelo aumento da inflação.

A+ / A-

Desde o início da guerra na Ucrânia, o valor da inflação tem vindo a subir, assim como o de preço dos combustíveis, criando crescentes dificuldades aos cidadãos.

O Governo decidiu distribuir um apoio em dinheiro a quem tem rendimentos mais reduzidos.

Quem recebe?

Todos os portugueses com um rendimento – salário, pensão ou subsídio – mensal inferior a 2.700 euros ou 37.800 euros anuais, recebem 125 euros. Quem tem filhos com 24 ou menos anos, recebe ainda 50 euros por filho, neste caso sem limite de rendimento.

E recebem todos ao mesmo tempo?

Não. O Governo anunciou que estes apoios vão ser pagos a cerca de meio milhão de pessoas por dia, um processo que deve ficar concluído o mais tardar no inicio de novembro, embora os contribuintes tenham ainda até fevereiro para comunicar ainda o IBAN, o código da conta bancária para receber os apoios.

O que é preciso fazer?

É fundamental confirmar se o IBAN está devidamente inscrito no Portal das Finanças ou no site da Segurança Social Direta.

Posso saber se o processo está em andamento?

Sim, através do Portal das Finanças. Na área do contribuinte deve aceder a “Consultar apoio extraordinário” e assim fica a saber se tem direito ao apoio dos 125 euros e no caso de ter filhos, com idade igual ou inferior a 24 anos, o contribuinte também pode saber como vai ser feito o processamento dos 50 euros por filho.

O montante por filho significa que são 50 euros por filho pago ao pai e à mãe?

Não. Esse valor é repartido entre o pai e a mãe, portanto cada um recebe 25 euros por filho, no caso dos filhos de pais casados. No caso de pais divorciados, se o menor não tiver residência alternada, os 50 euros são pagos ao progenitor com quem vive.

Quanto é que esta medida custa ao Governo?

No total, o Estado vai gastar cerca de 840 milhões de euros.

Comentários
Tem 1500 caracteres disponíveis
Todos os campos são de preenchimento obrigatório.

Termos e Condições Todos os comentários são mediados, pelo que a sua publicação pode demorar algum tempo. Os comentários enviados devem cumprir os critérios de publicação estabelecidos pela direcção de Informação da Renascença: não violar os princípios fundamentais dos Direitos do Homem; não ofender o bom nome de terceiros; não conter acusações sobre a vida privada de terceiros; não conter linguagem imprópria. Os comentários que desrespeitarem estes pontos não serão publicados.

  • ilda
    21 abr, 2023 Santo André 17:40
    venho por este meio saber o porque não me foi atribuído os 125€.Gostaria de saber estando de baixa á 5 meses com uma baixa normal de 437,70,com 9% de incapacidade de 40 € e 75% de incapacidade sem remuneração ,agradeço que me informem o porquê de não ter direito a receber esses apoios. Sem outro assunto de momento gostaria de obter uma resposta, obrigado pela vossa atenção Ilda Gamito 21/04/2023 7500-180 Santo André
  • Jose Alexandre Almei
    19 abr, 2023 guarda 11:26
    e´muito triste uma domestica que cuida dos filhos e neto e da casa, porque naõ tem rendimentos não ter direito aõ apoio de 125 euros do estado ; sendo que neste caso mais precisava , este ,e o caso da minha esposa.
  • Antônio Amadeu Perei
    18 abr, 2023 Rua 25 de abril São salvador do campo 16:59
    Eu não recebi os 125 euros por que
  • Paulo alexandre Gonc
    06 abr, 2023 Coimbra 17:06
    Quando recebo o subsidio?
  • Anderson Vieira
    07 fev, 2023 Lisboa 08:18
    Bom dia, eu não recebi essa ajuda do governo
  • Adélio vilas boas
    30 jan, 2023 Vila Praia de Âncora 11:02
    Ainda não recebi os 125€ já fui as Finanças de caminha disseram que iam fazer a transferência no dia 20 de dezembro e até hoje nada obg
  • António Almeida
    24 jan, 2023 Porto 19:40
    Tenho 27 anos feitos este mês ,tendo acabado o mestrado em engenharia Civil no ano passado e não tendo trabalhado no ano passado e por isso não tenho rendimentos. Comecei no inicio deste ano um estagio através do IEFP Como posso recuperar os 125 euros?
  • Anderson Brito
    24 jan, 2023 Bragança 10:38
    Não recebi nada, só pago
  • Maria Céu,F,C, Gonça
    17 jan, 2023 Povo Sto Adrião rua, Vitorino Nemésio n7 2eq,,220"166 16:50
    Eu, não tenho pensão, vivo da reforma do meu marido,mas,tenho os meus descontos na,S,Susial,e, contínuo á espera dos 125€, que o estado falou que era para todos igual
  • Maria do Céu carvalh
    15 nov, 2022 Leiria 09:05
    Venho por este meio e pessoas muita desculpa por em como dar pois tenho um amigo que trabalha e deu o nif na segurança social e até agora não a recebeu os 125 euros o nome dele é João Miguel rui vaco Martins pois está triste muitos já receberam e ele não o ordenado dele é o ordenado minimo .porque que ele não a recebeu Aída ? Será aquele não tem direito?

Destaques V+